Viagras Cremes e Outras Pilulas Mágicas Para Crescer o Pau

Uma das maiores preocupações dos homens é ser um touro na cama. Muitos caras acham que uma mulher fica satisfeita quando vai para a cama com um verdadeiro garanhão cujo pênis tem um tamanho acima da média e que, além disso, não se vem para baixo. Nos últimos anos, e desde o surgimento do Viagra, muitos foram os homens que, sem ter problemas de disfunção erétil têm recorrido a este tipo de medicamentos para se tornar um autêntico Nacho Vidal.

Além da famosa pílula azul, encontramos no mercado e sob receita médica, outros tipos de medicamentos para combater a queda de bandeira na cama, como Levitra ou Cialis cujos resultados muito parecidos. A estrela das estrelas é Cialis. Um tipo de pílula que tomada meia hora antes de realizar um ato sexual se mantém excitado durante 36 horas.libid gel

O problema é que, como todo medicamento, o que requer uma visita a um médico de família ou urologista para poder adquiri-lo em farmácias com receita médica. Nem todo mundo pode tomar estes comprimidos como se de placebo se tratasse. Pessoas com problemas cardíacos, insuficiência hepática ou renal, ou que simplesmente tenham que usar um veículo se veriam prejudicados pelos efeitos secundários deste tratamento.

Qual é o problema? Em uma única palavra: Internet. Se você colocar no buscador o nome do medicamento, são inúmeras as páginas que aparecem para a sua compra e do consumo.

O mercado português é vendido em farmácias sob prescrição médica, mas muitos jovens sem problemas de disfunção erétil, adquirem os comprimidos para render mais na cama. O problema é que, como qualquer outro tipo de droga cria dependência. Tudo está no cérebro.

O fato de uma mulher imponha pode fazer com que o homem adquira inseguranças ao sexo e o passarinho não responda. Para isso, existem alternativas que não têm nada a ver com a química.

No caso de que a relação não vá como se esperava, o homem sempre se pode dar um tempo recorrendo à masturbação, carícias ou os beijos. As mulheres costumam ser mais detalhadas do que vós pensais. Se este tipo de situações são tomadas de uma forma mais natural, pode ser até mesmo uma simples anedota. E é que nós não buscamos sempre a penetração como meta do sexo.